Esta página foi traduzida usando IA e aprendizado de máquina.

(Pocket-lint) - O Google tornou-se um parceiro da Universal Stylus Initiative (USI) que pode resultar em apenas uma caneta ser necessária para todos os seus dispositivos com tela de toque.

Atualmente, diferentes fabricantes produzem canetas eletrônicas diferentes, como a Samsung S Pen e a Surface Pen da Microsoft, que não funcionam em dispositivos rivais. A USI propõe, no entanto, um único padrão aberto, que seria adotado por vários fabricantes e desenvolvedores de software, a fim de criar dispositivos de escrita que funcionem em vários telefones, tablets e laptops.

A decisão do Google de aderir à iniciativa significa que ela poderia fornecer uma caneta que funcione com seus telefones Pixel e notebooks Chrome OS. E, como outros parceiros incluem Intel, Lenovo, Wacom e muitos outros, também deve se conectar aos seus produtos.

A tecnologia USI é diferente da adotada por muitas outras pontas no mercado. Possui comunicação bidirecional, entre a caneta e o dispositivo, para manter a conexão entre os dois mais estável. Outros apenas têm comunicação unidirecional, da caneta para o dispositivo, o que pode ser propenso a perder a conexão quando outros sinais, de telefones próximos e similares, estão em conflito.

Não está claro se o envolvimento do Google pode significar que os telefones Pixel vêm com uma caneta incluída. No entanto, considerando a popularidade da série Galaxy Note da Samsung, faria muito sentido que pelo menos o Pixel 3 XL tivesse uma G-Pen ou algum outro acessório desse tipo.

Escrito por Rik Henderson.