Esta página foi traduzida usando IA e aprendizado de máquina.

Vimos fabricantes adicionando uma abundância de câmeras e módulos de zoom aos telefones nos últimos anos. A Vivo quer levar as coisas para o próximo nível com a série X50, no entanto, adicionando um sistema de estabilização de cardan integrado para garantir um disparo super estável em todas as condições.

A série, que inclui os X50, X50 Pro e X50 Pro +, será a primeira da empresa a "ser disponibilizada para mercados internacionais", segundo o vice-presidente sênior da Vivo, Spark Ni. Essa é uma grande jogada da empresa em levar seus telefones para a Europa.

Então, quais são as principais diferenças entre os três telefones? Todos os três têm a mesma tela - um monitor de 6,56 polegadas capaz de HDR10 + de alta faixa dinâmica - mas o modelo básico é um pouco mais fino devido à menor capacidade da bateria. É atualização de 90Hz como padrão, o Pro Plus adicionando 120Hz.

O X50 Pro e o X50 Pro Plus possuem o sistema de estabilização de cardan, mas a câmera principal é a Sony (IMX598) de 48 megapixels no Pro e uma Samsung (GN1) de 50 megapixels no Pro Plus. As outras câmeras, que compõem a formação traseira do quadrilátero, consistem em um zoom de 8MP 5x, zoom de 13MP 2x e 8MP de largura ultra (não há zoom no X50 padrão).

O X50 é 5G em geral, suportando conectividade futura, e todos os aparelhos são equipados com a plataforma Snapdragon 865 + X55 da Qualcomm para desempenho de ponta. A Vivo afirma que o X50 é o telefone 5G mais fino que já foi lançado, com apenas 7,49 mm de espessura (o Pro e o Pro Plus são mais grossos, com 8 mm cada).

Com a Huawei agora ausente do Google Play Store em seus aparelhos mais recentes, será interessante ver qual é a abordagem da Vivo com seu próprio sistema operacional Funtouch - que, até o momento, também não possuía o Play Store. Com a empresa se expandindo internacionalmente, será essencial promover isso. Saberemos mais após o lançamento.