Esta página foi traduzida usando IA e aprendizado de máquina.

Depois de um vazamento maciço na semana passada, que supostamente revelou a maioria das especificações do próximo Samsung Galaxy S9 na parte traseira de uma caixa na foto, agora pensamos que também sabemos a capacidade da bateria.

Apareceu online uma imagem do que se diz ser a embalagem de varejo do telefone, que mostrava detalhes como armazenamento e memória, mas não tinha indicação da bateria.

Agora, temos um documento reivindicado como sendo um depósito junto ao regulador oficial de telecomunicações brasileiro, Anatel, que revela que a bateria do Samsung Galaxy S9 será quase idêntica à do seu antecessor, o Galaxy S8. Ele tem uma capacidade, diz ele, de 3.000mAh.

Se o esperado Samsung Galaxy S9 + seguir o exemplo, isso significa que ele também terá o mesmo modelo atual: 3.500mAh.

Um boato anterior havia apontado que o Galaxy S9 tinha uma bateria de 3.200 mAh, mas esse último vazamento é mais convincente.

Outro relatório separado também sugere que os novos telefones Galaxy poderiam ser feitos de "Metal 2", uma liga leve e forte de magnésio usada no laptop Notebook 9 apresentado na CES 2018.

Um registro de marca registrada para o nome sugere que a Samsung também use o material para futuros smartphones e wearables. Pode ter chegado tarde demais para ser adotado para o Galaxy S9 e S9 +.

Ambos os novos telefones serão revelados oficialmente no Mobile World Congress no final de fevereiro.