Esta página foi traduzida usando IA e aprendizado de máquina.

O Hue Bridge original da Philips é um hub usado para ajudar as lâmpadas Philips Hue a trabalhar com smartphones e assistentes como o Google Assistant e Alexa.

No entanto, a partir do próximo mês , está perdendo suporte para todos os serviços conectados à Internet, o que limitará severamente sua funcionalidade.

A Philips informou que seus clientes notarão em 30 de abril que, embora ainda possam usar a primeira versão do hub Hue Bridge, ele só funcionará quando conectado à mesma rede local que o aplicativo Philips Hue Bridge v1. Ele também não recebe atualizações de software de aplicativo ou patches de segurança, forçando efetivamente os clientes a atualizar para um modelo mais recente do Hue Bridge se quiserem usar serviços conectados à Internet, assistentes, novos recursos etc.

A empresa revelou pela primeira vez que cortaria o apoio à ponte Hue no ano passado. Agora, está emitindo uma data, com a confirmação de que não planeja oferecer suporte a dispositivos originais há anos. Começou a vender o Bridge há cerca de sete anos e é o primeiro grande dispositivo Hue a perder conectividade, suporte e patches. A segunda Hue Bridge também está envelhecendo e estreou em 2015. No entanto, ainda é suportada.

A Philips está assegurando aos clientes no Twitter que "não existe uma data planejada em que o Bridge v2 não será mais suportado". A empresa também confirmou aos clientes que "não está trabalhando em uma nova ponte no momento ou continuará trabalhando com o V2 "

Se você não pode dizer qual Hue Bridge você possui, o modelo original é circular, enquanto o segundo modelo é retangular.